Gosta de escrever sobre música e quer um espaço para fazê-lo??
Chegou a hora!!
O Tenho Mais Discos Que Amigos! está recrutando 2 pessoas para integrar sua equipe e escrever sobre música, discos, lançamentos, novidades e tudo mais que envolve o dia-a-dia do TMDQA!

Venha fazer parte da equipe! Saiba como clicando aqui.

Collector’s Room

Desde que eu comecei o TMDQA!, ouvi comparações e fui indicado a um blog chamado Collector’s Room, que traz posts muito frequentes sobre coleções impressionantes de LPs, CDs, DVDs, Livros e coisas do tipo de caras que têm mais discos que grãos de areia no Saara. É fantástico (he) !

Hoje eu anuncio com  muita alegria que eu e o Ricardo, do blog Collector’s Room fechamos uma parceria e além de troca de banners, links, posts, com certeza faremos iniciativas durante o ano que só irão beneficiar vocês leitores com muita coisa bacana.

A Collector´s Room nasceu de um pequeno sonho. Seu criador, Ricardo Seelig, sempre foi um consumidor voraz e um grande colecionador de discos. Com meros 12 anos já perambulava por lojas de LPs. Hoje, vinte e cinco depois, acumulou uma coleção respeitável em sua casa, mas sempre teve em sua cabeça o desejo de entrar em contato com outros colecionadores brasileiros.

Assim, em 2005, a Collector´s Room deu os seus primeiros passos como uma coluna do site Whiplash, onde Ricardo, conhecido como Cadão entre seus brothers e parceiros, realizou 55 entrevistas com pessoas como ele, colecionadores de todo o Brasil, apaixonados pela música e sempre em busca de novidades para seus acervos. Entre as entrevistas, nomes conhecidos, como Gastão Moreira, Kid Vinil, Vitão Bonesso, Airton Diniz, que abriram as portas de suas casas e mostraram com orgulho suas coleções.

A Collector´s Room cresceu tanto que, em outubro de 2008, se transformou em um site próprio, com o surgimento do www.collectorsroom.blogspot.com, um site feito por e para colecionadores, onde Ricardo, ao lado de dezenas de colaboradores de todo o Brasil, gera conteúdo com informações diretas e preciosas para quem curte música, seja ela de qual estilo for. Do rock ao blues, do heavy metal ao jazz, todos os gêneros tem espaço na Collector´s Room, afinal só existem dois tipos de música: a boa e a ruim.

Em maio de 2009 a Collector´s Room deu mais um passo e lançou o seu podcast, um programa semanal com muita informação, dicas sobre discos, papos sobre música, participação dos ouvintes em uma sessão chamada Bloco do Colecionador, onde você escolhe as faixas que irão tocar, e o que é melhor, muitos sons em um programa com duração de pouco mais de uma hora. O podcast foi muito bem aceito pelos ouvintes, e passou a ser veiculado na programação das rádio Shock Box e Rockfly.

A Collector´s Room é feita por pessoas apaixonadas pela música, que respiram sons vinte e quatro horas por dia. Se você é também é como a gente, acesse www.collectorsroom.blogspot.com e sinta-se em casa!

Kiss

A primeira consequência da parceria já pode ser vista aqui. Essa BELA dica foi dada por Jaisson, colaborador do Collector’s Room. Veja que beleza:

Após 11 anos de “Psycho Circus”, o glorioso Kiss está de volta com um álbum de estúdio chamado “Sonic Boom”.
O disco foi lançado em Outubro do ano passado e agora uma super versão em vinil está começando a ser disponibilizada para pré-venda no site oficial da banda.

Trata-se de discos de vinil de 180 gramas prensados em cinco cores diferentes, vermelho, roxo, verde, azul e preto, todos em caixa gatefold com um pôster exclusivo dessa versão em LP.

São apenas 1.000 cópias de cada cor e milhões de fãs de uma das bandas de rock mais importantes da história, então faça as contas e perceba que você tem que correr pra garantir sua cópia aqui.

Tom Petty And The Heartbreakers

Esse é um presentão pra quem gosta do bom e velho rock’n’roll e de discos de vinil.

“The Live Anthology” é uma caixa com 7 LPs de altíssima qualidade, prensados em vinil de 180 gramas, contendo 51 faixas ao vivo do Tom Petty And The Heartbreakers gravadas entre 1980 e 2007.
Pra acompanhar, a caixa ainda vem com um livro colorido de 24 páginas contendo comentários e detalhes do próprio Tom Petty, membros da banda e outros envolvidos.
Por último, a caixa também tem o EP “Mudcrutch Live” em vinil de 7 polegadas com um CD bônus.

O lado ruim de todo isso: Primeiro, a caixa custa 150 dólares. Segundo, só é vendida na América do Norte.

Claro que dando uma garimpada, é possível encontrar fontes não-oficiais vendendo a caixa, como esse cara no eBay.
O link oficial é esse aqui.


Lifetime

O terceiro disco do excelente e influente Lifetime, lançado originalmente em 1995 pela Jade Tree Records está ganhando uma nova roupagem e prensagem via No Idea, merecidamente.

“Hello Bastards” tem 12 faixas, sendo uma cover de “It’s Not Funny Anymore” do Husker Du e definitivamente ajudou o Lifetime a consolidar seu nome na cena underground norte-americana e a torná-los um dos maiores nomes do hardcore/hardcore-melódico dos anos 90.

Pra quem não sabe, um punhado das bandas de post-hardcore/punk rock que a gente escuta hoje foi diretamente influenciada pelos caras, e o Silverstein, por exemplo, até gravou uma cover de “Rodeo Clown” desse disco.

Há 3 cores no mínimo curiosas desse disco sendo vendidas na Vinyl Collective: Menta Misterioso, Verde Horrendo e Branco Olhar Vazio.

Já o link para o disco no site da No Idea, onde não há descrição de cores, é esse aqui.


Ween

Praticamente toda a discografia da banda alternativa/cult Ween está disponível ou está sendo disponibilizada em vinil ultimamente. Encontrei 10 títulos lançados originalmente nos anos 90 e 2000 e que agora estão ganhando suas versões especiais, é uma pena que muitos deles já estão fora de estoque.
Dá só uma olhada:

Claro que estar fora de estoque nessa loja não significa ser impossível de encontrá-los, o fato legal é que há versões em vinil desses discos, e com uma boa garimpada você pode encontrá-los em lojas/sites especializados.


Lookout! Records

Não é segredo pra ninguém que a Lookout! Records, uma das gravadoras mais importantes da história da Bay Area e que revelou nomes como Green Day, Operation Ivy, Screeching Weasel, Tilt, The Donnas e vários outros para o mundo atravessa maus momentos.

Os caras entraram em uma crise financeira e não conseguiam pagar royalties a seus artistas, perdendo o direito de verdadeiras minas de ouro como o primeiro e segundo discos do Green Day, o primeiro do Operation Ivy e alguns do Screeching Weasel, já que os artistas entraram na justiça e garantiram o direito de vendê-los por conta própria.

Fiquei feliz de encontrar na Interpunk uma espécie de sessão revival da Lookout!, com vários títulos bacanas do selo sendo reprensados em vinil e CDs e distribuídos pela própria gravadora. Dá uma olhada em todos os nomes:

Ouça o novo disco do The Who!