Jello Biafra ataca novamente (e dessa vez o alvo é Obama)!

 
 
 
 
 
 
 
 

// PROMOÇÃO RANCID

Pergunta 05:
Marky Ramone fez participação especial em uma música do Rancid. Qual é essa música?

A partir de hoje as perguntas vão ficando mais difíceis e ganham pesos diferentes. As de hoje valem peso 8. Veja as outras perguntas no twitter, fotolog, comunidade orkut e perfil orkut. Quanto mais você responder, mais terá chances de ganhar. Mais detalhes da promoção aqui.

// PROMOÇÃO RANCID

  1. Atenção BANDAS NOVAS: está pra estrear aqui no site uma seção dedicada inteiramente à vocês! Se você tem banda e/ou conhece alguém que tenha, envie e-mail para tenhomaisdiscosqueamigos+bandas@gmail.com e saiba como participar. A única regra é ter lançamento físico, em qualquer formato.
  2. O novo PODCAST já está no ar! Tema da semana: Criador e Criatura. Falo sobre as bandas que influenciaram e as que foram influenciadas, e coloco músicas lado a lado pra percebemos as influências.

Programação normal…

Jello Biafra And The Guantanamo School Of Medicine

Jello Biafra And The Guantanamo School Of Medicine - Audacity Of Hype

Ok, que Jello Biafra, ex-vocalista do Dead Kennedys é polêmico, todos nós já sabemos. Mas dessa vez ele está conseguindo ir além. Jello se juntou com gente grande como Billy Gould, baixista do Faith No More e está lançando “The Audacity Of Hype”, primeiro disco da sua nova banda Jello Biafra And The Guantanamo School Of Medicine.

Não bastasse o nome da banda e do disco serem controversos, Jello foi atrás de ninguém menos que Shepard Fairey, autor do famoso gráfico de Barack Obama com a palavra “HOPE” para fazer a arte do disco. Por enquanto só tem essa imagem pequena aí em cima, mas já dá pra sacar de quem ele tá falando né?

Ainda não há música nenhuma circulando por aí, mas com certeza essa é uma banda que já nasceu dando o que falar. Você pode ficar de olho pra comprar tanto a versão em CD quanto a versão em vinil aqui no site da gravadora Alternative Tentacles. A data prevista para lançamento é 20 de Outubro.

Lançamentos como esse, em primeira mão, só aqui no Tenho Mais Discos Que Amigos!

Strike Anywhere

Strike Anywhere - Iron Front

Após 3 anos do último lançamento, os punk rockers do Strike Anywhere estão de volta com seu primeiro disco na nova casa, a Bridge Nine Records. O último trabalho havia sido “Dead FM”, pela Fat Wreck Chords e músicas carregadas com pontos de vista políticos, principalmente de esquerda, eram maioria.

E parece que as coisas irão continuar assim, a se julgar pelo nome do novo trabalho, “Iron Front”, sua capa, e os títulos de suas músicas. Confere o tracklist, liberado essa semana pela gravadora:

1) Invisible Colony
2) I’m Your Opposite Number
3) South Central Beach Party
4) Failed State
5) Hand Of Glory
6) The Crossing
7) Spectacular
8) Blackbirds Roar
9) Omega Footprint
10) Summerpunks
11) First Will And Testament
12) Western Scale
13) Postcards From Home

Ainda não há informações sobre lançamento em vinil e/ou edições especiais, mas é só ficar de olho no site da gravadora aqui.

Death By Stereo

Death By Stereo - Death Is My Only Friend

O Death By Stereo é uma banda de hardcore pesado, que além de usar o tema “morte” em seu nome, usou o mesmo em todos os discos de sua carreira com nomes como “Day Of The Death”, “Into The Valley Of Death” e “Death For Life”.

O disco novo dos caras não é exceção. “Death Is My Only Friend” foi lançado no último dia 9 de Julho com uma capa assustadoramente magnífica. Sério, é uma das artes mais originais e mais bonitas feitas com foto de verdade que eu vi nos últimos tempos, além de combinar muito bem com o estilo e o nome da banda e me lembrar um pouco dessa capa do Alkaline Trio, que também é genial .

“Death Is My Only Friend” é um marco histórico na carreira da banda, já que se trata do primeiro álbum lançado em uma gravadora que não a Epitaph Records, desde 1999. O motivo da troca de lar? Os caras foram simplesmente para a Serjical Strike, gravadora-braço da Universal cujo dono é ninguém menos do que Serj Tankian, do System Of A Down.

Não bastasse isso, o produtor do disco é Jason Freese, que além de ter tocado com centenas de excelentes bandas, produzido meia dúzia de outras, ainda toca piano/teclado para o Green Day desde a turnê do American Idiot.

Pra finalizar, quem mixou o álbum foi Jay Baumgardner, que já trabalhou com Linkin Park e Evanescence.

O lado ruim da história toda é que ainda não saiu versão em vinil pra gente pendurar essa capa na parede. O lado bom é que tem versão Deluxe com pôster, adesivo e button aqui.

 
 
 
 
comments powered by Disqus